Tribunal manda fechar serviço de músicas on-line LimeWire



O juiz federal Kimba Wood dos Estados Unidos acatou o pedido de diversas gravadoras americanas e ordenou que o LimeWire fechasse seu serviço de troca de arquivos por ser uma infração aos direitos autorais. A batalha judicial tirou do mercado uma das principais ferramentas para download de arquivos diversos.

Segundo a decisão judicial, o LimeWire deve desabilitar suas opções de “busca, download, upload, compartilhamento e distribuição de arquivos” do software, que é distribuído para que os usuários acessem e compartilhem arquivos por meio do serviço. Também conhecido como P2P (peer-to-peer), o formato permite que usuários compartilhem arquivos de música, vídeo e imagens gratuitamente.

O site oficial do serviço postou uma nota na sua página principal notificando os usuários de que “baixar e compartilhar conteúdo com direitos autorais sem autorização é ilegal”. Em declaração oficial, o executivo-chefe da empresa, George Searle, afirma estar “desapontado com o rumo dos eventos”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s